Mostrando postagens com marcador narede. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador narede. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

SELEÇÃO - TRAGA O CINEMA PARA A SUA COZINHA

Confira uma lista com cinco produtos para deixar sua cozinha mais cinematográfica.















Produto: Bowl Exterminador de Cereais
Loja: Fábrica 9
http://www.fabrica9.com.br/bowl-exterminador-de-cereais.html












Produto: Pratos Star Wars
Loja: Imaginarium
















Produto: Caneca Chuck Norris
Loja: Nerd Store

























Produto: Tábua de Corte Mulher Maravilha
Loja: Mundo Geek
http://www.lojamundogeek.com.br/cozinha/tabua-mulher-maravilha-













Produto: Porta Lata Poderoso Chefão
Loja: Designn Maniaa

sexta-feira, 19 de junho de 2015

10 CRÉDITOS INICIAIS DE FILMES QUE VALEM A PENA REVER

A sequência de abertura de um filme, onde aparecem os créditos da produção, nem sempre é algo a que damos importância. Geralmente queremos que passe logo para "ir ao que interessa". Entretanto, além de ser uma forma de fazer o espectador embarcar no clima do que ele está prestes a assistir, também pode ser uma forma diferente de exercitar a criatividade narrativa e que pode trazer um resultado bem interessante.

Confira uma lista com dez créditos iniciais geniais.

1- PRENDA-ME SE FOR CAPAZ (2002)
Dirigido por Steven Spielberg e estrelado por Leonardo DiCaprio e Tom Hanks, esta produção sobre um vigarista superinteligente que engana até o FBI tem uma abertura com uma animação bem divertida e uma trilha sonora marcante. Veja aqui:


2 - SENHOR DAS ARMAS (2005)
Narrado do ponto de vista de uma bala - desde sua fabricação até o seu desfecho explodindo a cabeça de uma criança - essa abertura é tão impactante quanto verdadeira. O filme, que é uma ficção à respeito do tráfico de armas, é um dos melhores do ator Nicolas Cage, que estrela a produção. 



3- SUPERBAD (2007) 
Produzido por Judd Apatow, escrito por Seth Rogen e estrelado por Michael Cera e Jonah Hill, o filme é uma comédia sensacional sobre o universo de adolescentes que querem sair de qualquer jeito de virgemzone. A abertura é um bônus à parte, mostrando nossos protagonistas desfilando seus dance moves ao som de uma música funky dos anos 70.



4- WATCHMEN (2009)
Dirigido por Zack Snyder, essa produção é uma adaptação da graphic novel concebida por Alan Moore. Mas sua abertura, embalada pela voz marcante de Bob Dylan, é quase uma poesia que narra, em poucos minutos, várias décadas da história americana. Vale a pena o clique:



5- O ILUMINADO
Clássico filme dirigido por Stanley Kubrick e adaptado do livro homônimo de Stephen King. O início da película já define o tom e o humor da trama que conta a história de um escritor (Jack Nicholson) que se isola com sua esposa e filho em um hotel fechado na temporada de inverno.  Enquanto presta serviço como zelador do hotel, Jack procura dar vida ao seu projeto de escrever um livro. Entretanto, O ambiente claustrofóbico e o isolamento não fazem bem pra cuca no escritor. Enquanto acompanhamos o carro de Jack até o hotel a trilha sonora já nos dá arrepios. Veja:



6-MILENNIUM: OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES (2011)
Ao som eletrizante da música "Immigrant Song", do Led Zeppelin, com vocais de Karen O, a abertura do filme é uma orgia de elementos cênicos e visuais, numa alegoria insana à trama dirigida por David Fincher. Clique e confira:




7- SWEENEY TODD:  O BARBEIRO DEMONÍACO DA RUA FLEET
Mais uma cria da parceria Tim Burton/Johnny Depp, o musical apresenta uma das melhores performances de Depp na telona. Tanto que sua atuação lhe rendeu uma indicação ao Oscar. A abertura desse filme é tão macabra e soturna que merece estar nessa lista. Cata o vídeo:


8- JUNO (2007)
A criatividade é a palavra de ordem nessa abertura que usa o recuso da animação como diferencial. Com roteiro premiado no Oscar e estrelado por Ellen Page, Juno também conta com uma ótima trilha sonora. 



9- PSICOSE (1960)
Aqui, o mérito é integralmente da trilha sonora assinada por Bernard Hermann que ainda é arrepiante mais de cinquenta anos depois. 




10- FRANQUIA JAMES BOND (1962-?)
Difícil escolher apenas uma. Todos os 23 filmes da série têm entradas bem elaborados que são umas das marcas registradas da franquia. Algumas são históricas, pois marcaram época, como "O Espião Que Me Amava" (1977), com a música "Nobody Does it Better" (de Carly Simmon) e outras lendárias como a de "Viva e Deixe Morrer" (1973), com a música "Live and Let Die" (de Paul McCartney). Mas como essa é a minha lista, vou ser parcial e escolher a minha preferida que é "Skyfall", com a música de mesmo nome da Adele. Adoro! Confira:

sábado, 6 de junho de 2015

5 CASOS DE MARCAS QUE MUDARAM O RUMO DE UM FILME

Há uma prática muito comum na indústria cinematográfica conhecida como product placement. Sabe quando uma marca muito famosa aparece bem grande em um filme e você logo pensa: "puxa vida! Que descarados!". Pois saiba que está marca pagou bem caro para aparecer exatamente naquele momento e dependendo da grandeza de um filme, ajudou a definir o estilo de muito gente. 

Imagine se o Maverick, interpretado por Tom Cruise em "Top Gun - Ases Indomáveis" (1886) não usasse aquele óculo tipo aviator da Ray-Ban? Ou se o Marty McFly, de "De Volta Para o Futuro" (1985) não usasse aquele tennis Nike? Pois é...   

Apesar de vários filmes terem cases super interessantes nesse aspecto, acho muito mais interessante quando a marca é incorporada pela narrativa e tornando-se indispensável para o desenrolar da trama.

Confira abaixo uma lista com cinco exemplos de product placement que fizeram parte da história do filme.

1- O Náufrago - Fedex e Wilson.

Em "O Náufrago", de Robert Zemeckis, Tom Hanks é Chuck, um funcionário da empresa de entregas que acaba em uma ilha após um acidente de avião. O acidente ocorre enquanto ele está viajando a trabalho. Quando está na ilha alguns pacotes de entrega chegam boiando à praia e dentro de um deles está uma bola da marca Wilson. Em um momento de extrema solidão, Chuck vê em Wilson sua única companhia e, apesar de ser um objeto inanimado, a bola é o que mantém sua sanidade de certa forma. Se não fosse por Wilson, talvez Chuck não tivesse condições de lutar por sua sobrevivência.



2- Transformers - Camaro (Chevrolet)

Nesse caso, o produto é um dos personagens mais queridos da franquia (que tem um gazilhão de outros produtos desfilando sem a menor vergonha por todos os quatro filmes da série). O camaro amarelo é Bumblebee, fiel escudeiro de Shia LaBeouf. Imagine o que seria do filme sem o simpático robô que garante alguns dos melhores momentos do filme?


3- De Volta Para o Futuro - Calvin Klein e DeLorean

Apesar do filme mencionar várias marcas (Nike, Pepsi), a Calvin Klein merece destaque nessa lista por sua "interferência" na trama. Na cena em que Marty é acordado por sua mãe do passado, ela o chama de Calvin Klein, porque está escrito na cueca dele. Ele se aproveita desse equívoco e passa a assumir essa identidade de "Calvin" em sua estada no passado. Genial. Além da grife, o DeLorean é outra marca que cresceu muito graças à franquia, já o carro é não só um veículo, mas também um personagem da trama. 


Eu e o DeLorean no Parque Universal em Orlando

4- Os Estagiários - Google

Aqui não tem nem muito o que falar, já que o objetivo dos protagonistas é conseguir uma vaga de estágio na própria Google. O filme é todo sobre essa empresa e como lá é um lugar irado muito bom de se trabalhar. 


5- Madrugada Muito Louca - White Castle

Dois amigos, usuários de maconha substâncias fitoterápicas, embarcam em uma saga para satisfazer seu desejo de comer um delicioso sanduíche da rede White Castle. Embora não seja muito conhecida no Brasil, a lanchonete é quase um personagem à parte da trama, tanto que seu nome aparece no título original do filme (Harold & Kumar Go to White Castle). 

segunda-feira, 1 de junho de 2015

5 DETALHES ALEATÓRIOS EM FILMES QUE VOCÊ PODE NÃO TER PERCEBIDO

Sempre que assistimos a um filme que não é brasileiro, muitas vezes nos deparamos com piadas e referências que se perdem na tradução. Ou, em outros casos, passam batido porque você não entendeu mesmo. Algumas são escancaradas, outras são detalhes que só fãs percebem, e algumas vezes são coisas inusitadas que a mente explode quando entendemos. 

Confira uma lista de cinco referências que talvez você não tenha percebido. 

1 - Guardiões da Galáxia (2014)

Peter Quill (Chris Pratt) faz uma piada mencionando o pintor de arte abstrata Jackson Pollock: 

Gamorra: "Sua nave é nojenta"
Peter: "Ela não faz ideia. Se eu tivesse uma luz negra, esse lugar pareceria uma pintura de Jackson Pollock". 

Vamos lá: Jackson Pollock foi um pintor conhecido por desenvolver uma técnica de pintura usando gotas de tinta pingando na tela. Ou seja, a nave de Peter teria "gotas" de "alguma coisa" espalhadas pela nave, que só poderiam ser vista sob a luz negra. Sim. Essas "gotas" de "alguma coisa" são o que você está pensando. Sim. É de conotação sexual. E a fala é dita tão sutilmente que você quase não acredita no que está ouvindo e não entende como um filme "família" não cortou uma piada com esse teor.


Pintura de Jackson Pollock
2- Saga Star Wars 

Anakin Skywalker, também conhecido com Darth Vader, sofreu muito antes de se tonar esse grande Lorde Negro (Sith Lord). Isso provavelmente pode ter a ver com questões mal resolvidas com a figura paterna. Ele cresceu sem pai, foi afastado da mãe para fazer um treinamento intenso, e tinha uma relação com o Imperador Palpatine, de mentor/pupilo, que em um momento crucial foi destruída. Além disso, umas das grandes revelações da saga é que ele é o pai de Luke. Mas se pararmos para pensar, VADER significa PAI em holandês, ou seja, no nome do grande vilão da trama está um dos temas centrais do filme.


3- Madagascar (2005)

Em um momento de intensa fome, o leão Alex sonha com bifes chovendo em cima dele. O que talvez tenha passado despercebido é que é cena é uma referência direta ao filme "Beleza Americana" (1999) com a mesma trilha sonora inclusive. Compare:




4- Clube dos 5 (1985) 


O amado filme "clássico de Sessão da Tarde", que completa 30 anos neste ano, reúne em uma tarde de castigo cinco estereótipos da escola: a patricinha (Molly Ringwald), o atleta (Emilio Estevez), o nerd (Anthony Michael Hall), o durão (Judd Nelson) e a maluca (Ally Sheedy). O detalhe aqui é a placa do carro da mãe de Brian, o nerd, que é nada menos que EMC 2, em referência à fórmula da teoria da relatividade de Einstein. Sacou?




5- K9 - Um Policial Bom Pra Cachorro (1989)


Outra pérola de Sessão da Tarde. Eu nunca entendi o porquê do K9. Acontece que a divisão de cães usadas pela polícia americana recebe essa identificação. Simplesmente por que se pronuncia "kei naine", mesmo som da palavra canine, que significa canino em português. Mind Blowing rs




sexta-feira, 15 de maio de 2015

CLIPES INSPIRADOS EM FILMES

O videoclipe de uma canção não é só uma oportunidade de um artista se expressar de forma cênica, mas também uma maneira de brincar com outras fontes de inspiração.

Acho muito legal quando cantores fazem clipes inspirados em filmes. 

Confira na lista a seguir uma série de clipes que fazem homenagens, releituras ou paródia de filmes.

1-       Música: I'm Glad
Artista: Jennifer Lopez
Filme: Flashdance



2-       Música: The Kill
Artista: 30 Seconds to Mars
Filme: O Iluminado




3-       Música: Get Me Bodied
Artista: Beyoncé
Filme: Sweet Charity

compararem as coreografias nos vídeos abaixo:

 

4-       Música: Radio Gaga/ Express Yourself
Artista: Queen/ Madonna
Filme: Metrópolis, de Fritz Lang.



5-       Música: The Universal
Artista: Blur
Filme: Laranja Mecânica



6-       Música: Tonight, Tonight
Artista: Smash Pumpkins
Filme: Viagem à Lua, de Geoges Méliès



 7-      Música: Fancy
Artista: Iggy Azalea
Filme: As Patricinhas de Beverly Hills


 8-      Música: Kiss Me
Artista: Sixpence None the Richer
Filme: Jules e Jim, de François Truffaut.


9-       Música: Last Cup of Sorrow
Artista: Faith No More

Filme: Um Corpo Que Cai, de Alfred Hitchcock.