sexta-feira, 15 de maio de 2015

MORAR NA CALIFÓRNIA


A Califórnia é a meca do cinema (comercial). Conhecer Hollywood sempre foi um sonho meu desde criança. Em 2014, tive a oportunidade de morar por quase um ano lá. Por isso, quero usar este espaço do blog para partilhar algumas dicas de sobrevivência que me ajudaram a passar por essa experiência de morar em outro país. 

Em uma sequência de vários posts, vou colocando aqui dicas de cursos, moradia, programas culturais, etc.

Esse primeiro post é para quem quer morar por algum tempo e para isso vou listar aqui alguns toques.

Existem vários jeitos de se estabelecer dependendo do seu poder aquisitivo. Se você está como estudante, provavelmente a sua escola ou agência lhe oferecerá as opções de home stay ou residência estudantil.



A questão do home stay é polêmica. Tem aqueles que gostam, mas eu, particularmente, não sou fã. É estranho morar na casa de um desconhecido. Dependendo de sua personalidade ou da personalidade do seu host, alguns conflitos podem ser bem inconvenientes, como: ter que comer a comida que o host faz (uma amiga minha viveu à base de sopa por cinco meses), discussões por causa de limpeza e horários, fora o fato de que você nunca se sentirá plenamente confortável.

Mais uma vez, aposto que existem centenas de pessoas que tiveram experiência maravilhosas com homestay, mas conheço histórias péssimas também. Questão de gosto. Homestay, por uma lado, é mais em conta. Entretanto você pode cair numa casa longe da sua escola (acontece mesmo).

A residência estudantil é bem mais cara, mas tem um lado bom, mesmo que você venha a dividir o quarto com mais uma pessoa - se enturmar. Conheci muitos estudantes de homestay que demoravam bem mais a se enturmar por causa dessa separação. Por outro lado, na residência você vai estar exposto à badernas (para o bem e para o mal) que podem ser chatinhas de vez em quando. Mas é muito bom pra fazer amizade.

Se você preferir procurar por sua conta então seu caminho é pesquisar na internet. Você pode procurar pelo imóvel que atende ao seu perfil e ao seu bolso. 

Os sites que eu conheço são:

Craigslist - que não é 100% confiável. Tem que ser muito ligado pois nem sempre o que é anunciado corresponde a verdade.

Airbnb - mais focado em aluguel por temporada

Westsiderentals - este site você tem que fazer uma assinatura. É bem confiável. Os imóveis oferecidos vão de quartos compartilhados, privativos ou até seu próprio apartamento. 

Note que para você fazer um contrato de leasing, o comum é pedirem pelo menos um ano de compromisso, sujeito a multa em caso de desistência. Nem sempre o visto de estudante será suficiente para que o administrador ou proprietário aceite você. Eles normalmente pedem o número de seguro social, que funciona como o nosso CPF aqui. Eles precisam saber o seu histórico de crédito para ver se você é confiável ou não. Mas sempre pode-se conversar e desenrolar.

Eu morei por seis meses na região de North Hollywood, uma área menos valorizada mas bem tranquila. Não chega a ser como o valley que é uma parte mais perigosa e pobre de L.A.. Tem uma estação de metrô que está a duas estações do centro de Hollywood e com o final na Union Station, com conexões para outras áreas de L.A. North Hollywood ainda tem uma área de bares e restaurantes bem legais (Confira o Republic of Pie! Vai mudar a sua vida)


Se você souber de alguma outra informação que possa complementar esse post, é só começar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário